8 de abr de 2011

O mestre e o escorpião

Em um Templo Budista, em um pequeno lago dentro do templo, um mestre
tentava salvar um escorpião que corria o risco de se afogar. A cada
tentativa, o escorpião tentava revidar com picadas e outros ataques,
de longe, o discípulo observando calmamente cada reação do escorpião,
aproximando-se do mestre disse:
- Mestre, não percebes que a cada momento que tentar salvá-lo, ele
tentará picá-lo?
Calmamente o mestre responde:
- Não é porque a natureza dele é peçonheta, é uma natureza agressiva,
que mudarei a minha natureza que é ajudar.
——
Podemos aprender muito com essa parábola, ao passo que as pessoas nos machucam, nos magoam, temos que ignorar o sentimento de mágoa ou vingança, sempre tentando fazer o melhor independente da reação das pessoas. É muito difícil aceitar ou compreender certas pessoas, mas cabe as pessoas de maior inteligência, tolerar as de maior ignorância.
( desconheço o autor)

Nenhum comentário: